Sobre a Fundação

Quem somos

Na Fundação Bernard van Leer nós acreditamos que dar a todas as crianças um bom começo na vida é tanto a coisa certa a fazer, quanto a melhor forma de construir sociedades saudáveis, prósperas e criativas.

Somos uma fundação privada que busca desenvolver e compartilhar o conhecimento de experiências que funcionam no desenvolvimento da primeira infância. Fornecemos apoio financeiro e expertise para parceiros de governos, sociedade civil e privada para ajudar no teste e ampliação de serviços que efetivamente melhorem a vida de crianças pequenas e suas famílias.

Nos últimos 50 anos, investimos mais de meio bilhão de dólares e trabalhamos em todas as regiões do planeta. Nossas parcerias notificaram as políticas públicas em mais de 25 países, levaram a inovações na prestação de serviços e treinamento, amplamente adotados por governos e organizações sem fins lucrativos, e geraram ideias revolucionárias que mudaram a maneira como as partes interessadas, dos pais aos formuladores de políticas, pensam sobre os primeiros anos de uma criança.

História

Bernard van Leer foi um empresário, fundador de uma grande companhia de embalagens em escala global. Após testemunhar a destruição provocada pela Segunda Guerra Mundial, Bernard decidiu investir na melhoria da sociedade, e em 1949 criou a Fundação para realizar uma ampla gama de atividades filantrópicas. Quando faleceu em 1958, seu filho Oscar assumiu a direção da empresa de embalagens e da Fundação.

Por que investir no desenvolvimento da primeira infância?

Oscar, filho de Bernard, focou o trabalho da Fundação nas crianças pequenas em meados da década dos 60. Ele se inspirou na ideia de que fazer pequenas mudanças no início da vida de alguém poderia mudar dramaticamente seu futuro. Como empresário, Oscar sentiu que investir em crianças pequenas era uma proposta de valor convincente – que poderia melhorar o estado do mundo.

Desde então, têm surgido crescentes evidências nos campos da saúde pública, das neurociências e da economia, que demonstram que o investimento no desenvolvimento da primeira infância pode se traduzir em uma saúde melhor, uma maior capacidade de aprender e trabalhar com os outros e também de maiores rendimentos na idade adulta. Tais investimentos são fundamentais por:

  • Garantir que as mulheres grávidas, bebês e crianças pequenas tenham acesso a uma alimentação e cuidados de saúde adequados
  • Proteger as crianças jovens do abandono, da violência familiar e da sociedade
  • Dar aos bebês e às crianças pequenas amplas oportunidades de estimulação, cuidados e aprendizagem

Apesar das evidências convincentes e da disponibilidade de modelos efetivos de prestação de serviços, a revista The Lancet, publicação mundial de saúde pública, estima que 250 milhões de crianças com menos de 5 anos não recebem os cuidados de que precisam para atingir seu potencial total.

Nossa estratégia 2016-2020: transição para escala

Depois de cinco décadas de investimento no desenvolvimento da primeira infância, a Fundação Bernard van Leer está agora entrando em uma nova fase, em que acreditamos que o principal desafio é fazer a transição de programas para escalas maiores. Muitas ideias para melhorar a saúde, a nutrição, a proteção e a aprendizagem das crianças mais jovens provaram ser eficazes em projetos em pequena escala – mas como podemos atingir centenas de milhares ou milhões de crianças?

Nossa estratégia ajudará a responder esta questão através da construção de parcerias em três áreas:

Geograficamente, nossos investimentos durante este período incidirão em um conjunto de países selecionados com vistas a refletir a diversidade global em termos econômicos, geográficos e culturais. Estes países incluem o Brasil, Índia, Israel, Costa do Marfim, Holanda, Peru e Turquia. Além disso, estamos lançando uma iniciativa regional para apoiar as famílias sírias que foram deslocadas à força no Oriente Médio e na Europa.

Nós planejamos também estabelecer um pequeno número de parcerias fora desses focos geográficos, onde enxerguemos oportunidades de aprender, compartilhar conhecimento e ter um impacto transformador em escala.

Fatos sobre a Fundação Bernard van Leer

Fundada
1949

Focada em crianças pequenas desde
1965

Missão
Melhorar as oportunidades para as crianças desde o nascimento até os 8 anos de idade, crescendo em circunstâncias de vulnerabilidade social e econômica

Orçamento operacional médio anual
19 milhões de Euros

Localização
Com sede em Haia, Holanda, com membros da equipe também localizados em países focais, Londres e Washington DC.

Nossa receita

Inicialmente, nossa receita veio das receitas da Royal Packaging Industries Van Leer N.V. Após a venda da empresa em 1999, os recursos foram utilizados para estabelecer uma dotação, gerida pela Van Leer Group Foundation e da qual nossa renda é derivada.

Conselho de Administração

A responsabilidade fiduciária de cumprir a visão e a missão da Fundação, tal como estabelecido nos estatutos sociais, corresponde ao Conselho de Administração. O papel de supervisão do Conselho inclui a nomeação do diretor executivo, a avaliação de sua performance, e a aprovação das estratégias e dos planos operacionais e financeiros anuais. O conselho se reúne ao menos quatro vezes por ano.

Atualmente o Conselho de Administração é formado por oito membros. O conselho nomeia seus próprios membros, que permanecem no cargo durante um prazo máximo de três mandatos de quatro anos. Os membros do Conselho de Administração da Fundação Bernard van Leer também pertencem ao Conselho da Fundação Van Leer Group.

Diretor executivo

Michael Feigelson (@mfeigelson1) passou 15 anos trabalhando com governos, sociedade civil e empresas para melhorar as oportunidades de crianças e jovens. Juntou-se à Fundação em 2007 como Responsável de Programas. Mais tarde trabalhou como Gerente de Programas, Diretor de Programas e Diretor Executivo interino antes de assumir seu atual cargo.

Antes de entrar para a Fundação, Michael exerceu diversas funções, o que incluiu trabalhar diretamente com crianças e famílias sem-teto em três países, e como Analista de Negócios na McKinsey & Co, onde se concentrou nos segmentos de mídia e indústrias farmacêuticas. Ele estudou nas universidades de Wesleyan e Princeton, foi agraciado com uma bolsa da Thomas J. Watson e é membro do Conselho da Agenda Global sobre Comportamento do Forum Econômico Mundial. E o mais importante: é o pai de uma linda bebê, o que o faz lembrar todos os dias da importância, dos desafios e da alegria que brotam com os primeiros anos de uma criança.

Leia a biografia completa de Michael Feigelson.

Nossa equipe

Equipe
39 pessoas

Países representados
Brasil, Equador, França, Índia, Israel, Holanda, Peru, Singapura, Espanha, Tailândia, Turquia, Reino Unido, EUA, Venezuela.

Idiomas falados
O inglês é a nossa língua de trabalho comum, com holandês e espanhol também usados diariamente em nosso escritório de Haia. Outras línguas utilizadas no nosso trabalho incluem hebraico, hindi, francês, mandarim, português e turco.

Nesta página você pode conhecer a equipe da Fundação Bernard van Leer. Muitos estão localizados em nossa sede em Haia, na Holanda, enquanto outros estão baseados nos países onde focamos nosso trabalho.

Ofertas de trabalho

Para obter uma visão geral atualizada das vagas atuais, visite nosso website em inglês

Princípios de Boa Prática

Como membro da EFC (European Foundation Centre) nós apoiamos e aderimos aos Princípios de Boa Prática EFC.

Dúvidas?

É possível que ocasionalmente surjam dúvidas sobre subvenções, nosso staff e os parceiros da Fundação. Se há algo que o preocupa sobre a Fundação Bernard van Leer, nosso staff ou algum de nossos parceiros, entre em contato com Agnes Buis.

Trataremos sua consulta confidencialmente. Os assuntos jurídicos que surgirem durante uma investigação poderão ser compartilhados com as autoridades competentes da Holanda e as autoridades locais do país afetado.