Brasil

Atuamos no Brasil desde a década de 1980, onde testamos novos modelos de prestação de serviços de assistência à criança, pré-escola e de apoio aos pais, além da construção de relacionamentos com autoridades públicas, líderes empresariais e filantropos influentes com o objetivo de lutar por uma maior atenção à primeira infância. Nos últimos anos nossos parceiros têm registrado um crescente êxito de influência nas decisões políticas e orçamentárias, até mesmo em nível nacional.

Hoje, com mais de cinco em cada seis brasileiros vivendo em cidades, nosso programa Urban95 é uma evolução natural de nosso trabalho de longa data com os líderes municipais, que buscou em todos esses anos minimizar os efeitos sobre as crianças pequenas causados pelos generalizados problemas de segurança no país. Estamos construindo também sobre esta experiência, explorando a melhor forma de agrupar o apoio na criação e cuidados dos filhos com programas de busca de trabalho para desempregados urbanos.

Children painting bright, child-friendly designs on the walls along the footpath, Criança Fala project. Glicério, Liberdade district, São Paulo, Brazil | Photo: Juliana Rosa/Prosa e Fotografia

Nas zonas rurais do Brasil, depois de anos de experiência no apoio aos pais através de programas de visitas domiciliares orientadas para a saúde, podemos agora colaborar com outras entidades capacitadas para aplicar estes modelos em larga escala. Também seguiremos atuando com a Rede Nacional para a Primeira Infância, uma coalizão de advocacy que iniciamos en 2006, para que a primeira infância mantenha-se no topo da agenda política do país.

Parcerias

Alguns exemplos de parcerias no Brasil:

O Instituto Alana produziu um filme e uma série de TV sobre a importância dos primeiros 1.000 dias na vida de uma criança, com dados técnicos e científicos apresentados de uma maneira persuasiva e com forte impacto emocional.

A Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal está coletando evidências da eficácia de três novos pilotos de programas de apoio aos pais. Centrando em visitas domiciliares, SMS, e bebês prematuros, estes modelos emergiram de um concurso anterior de geração de ideias.

A United Way realizou uma cúpula para os líderes empresariais latino-americanos antes da reunião do Fórum Econômico Mundial de junho de 2016 na Colômbia, para encorajá-los a apoiar e defender programas e políticas para a primeira infância que comprovaram sua eficácia.