Holanda

Com sede na Holanda, a Fundação Bernard van Leer tem uma longa história de trabalho no país sobre metodologias de primeiros aprendizados, acesso à assistência à infância e prevenção do abuso infantil. Desde a adoção de nossa nova estratégia em 2015, nosso foco passou de cuidados reativos para mais cuidados preventivos e intervenções para crianças pequenas (gravidez até a idade de três). Acreditamos que é neste período crucial que intervenções e programas podem ter o maior impacto na saúde e felicidade das crianças. Para alcançar nossos objetivos, trabalhamos em conjunto com organizações da sociedade civil, governos a nível local e nacional e com o setor privado.

Nosso programa de Parents+ apoia várias iniciativas que provaram sua eficácia em alcançar e capacitar mães e pais, e estão prontos para ser expandidos em larga escala. Em Roterdã, por exemplo, apoiamos a estratégia de expandir o programa Mothers of Rotterdam (mães de Roterdã), cujo início se deu pelo município de Roterdã, o Bureau Frontlijn e a Fundação Verre Bergen. Este programa envolve profissionais do campo médico e social que trabalha em conjunto para fortalecer a independência financeira e social de 400 mães com múltiplos problemas, e o desenvolvimento saudável de seus recém-nascidos. Em Amsterdã, trabalhamos em estreita colaboração com o município para expandir e desenvolver a estratégia “primeiros 1000 dias” da Amsterdam Healthy Weight Initiative, e estamos examinando a ampliação desta abordagem além de Amsterdã. Em 2017, pretendemos começar uma nova iniciativa voltada para a melhoria da qualidade do apoio a pais e mães refugiados com crianças pequenas.

O nosso programa Urban95 analisa o apoio às jovens famílias do ponto de vista do planejamento urbano, concentrando-se não apenas na segurança, mas também – por exemplo – na forma como o design urbano pode contribuir para o desenvolvimento de redes sociais informais. Juntamente com a Eindhoven University of Technology (Universidade de Tecnologia de Eindhoven), criamos um curso de graduação em planejamento urbano e desenvolvimento da primeira infância.

Finalmente, dentro do nosso programa Building Blocks (Bases para ampliar a cobertura), compartilhamos a história de por que investir nos primeiros 1.000 dias das crianças é tão importante para a Holanda. O objetivo final é assegurar mais investimentos do país e mais liderança dos municípios à luz de suas crescentes responsabilidades, incluindo a prevenção. Um exemplo é o trabalho que fazemos com a WomenINC, a Fundação Rutgers e a Chair on Fatherhood at the University of Amsterdam sobre o tema da expansão da licença paga para os pais e o aumento de seu envolvimento na vida de seus filhos.