Turquia

Nossa história de engajamento na Turquia remonta a 1989, e se concentra principalmente em projetos de pequena escala que visam explorar formas de envolvimento com pais, muitos deles provenientes de áreas pobres, com a finalidade de reduzir a incidência de casos de violência contra crianças. O programa Parents+ utiliza a experiência destes programas voltados à educação e criação dos filhos para melhorar o suporte aos pais nos serviços existentes.

A atual descentralização em curso dos serviços sociais na Turquia oferece oportunidades para se trabalhar com os municípios a fim de incrementar o apoio aos pais oferecido pelos centros de assistência à criança, bem-estar e educação de adultos.

Photo credit: Courtesy Bilinçli Aile Sağlıklı Nesiller

De maneira mais ampla, estamos intensificando na Turquia nosso trabalho de conscientização de casos científicos e econômicos para que cresça mais o investimento nas crianças do país. Além disso, seguiremos a explorar parcerias de ações estratégicas de advocacy para aumentar o protagonismo da primeira infância na agenda política.

Parcerias

Alguns exemplos de parcerias na Turquia:

O Centro de Investigação em Migração da Universidade Bilgi de Istambul está atualmente investigando as necessidades dos filhos pequenos dos trabalhadores migrantes agrícolas sazonais na região de Cukurova. A Universidade está colaborando com a Agência de Desenvolvimento de Cukurova, vinculado ao Ministério de Desenvolvimento, para mobilizar recursos locais e assim satisfazer as necessidades dessas famílias.

A Fundação Culture City e o município de Beyoğlu estão juntos desenvolvendo um modelo integrado de serviços sociais que inclui o apoio a mulheres grávidas e o desenvolvimento psicossocial das crianças. As intervenções irão melhorar os serviços existentes do município, com especial foco nas crianças pequenas e suas famílias.

ÇAÇA (Çocuklar Ayni Çatinin Altinda Dernegi) trabalha na capacitação de quatro municípios em Diyarbakir com o intuito de proporcionar melhores serviços para crianças e pais. O modelo de intervenção engloba os serviços de apoio aos pais na infraestrutura existente, como berçários e lavanderias.