Carregando...

Incorporando um foco no desenvolvimento da primeira infância no planejamento e gestão das cidades

Em 1950, apenas 30% das pessoas viviam em cidades. Hoje, é mais da metade. Até 2050, este número será de 70%. Planejar, projetar e gerenciar cidades tornou-se um dos desafios definidores da humanidade. As cidades podem ser lugares maravilhosos para crescer, ricos em oportunidades de aprendizado. Mas elas também podem representar desafios para as famílias: ausência de espaços abertos, verdes e seguros para as crianças brincarem e os cuidadores se encontrarem; viagens longas e imprevisíveis; habitação insegura, poluição e saneamento deficiente; e, para os pais que recentemente migraram para a cidade, a falta de redes de apoio da família e dos vizinhos.

Temos fortes evidências de que um ambiente seguro e saudável durante os primeiros cinco anos de vida pode se traduzir em melhores resultados para a saúde na fase adulta, maior capacidade de aprender e trabalhar com os outros e maiores rendimentos ao longo da vida. Ao entender melhor como uma cidade pode ser vista da perspectiva de 95 cm – a altura média de uma criança saudável de 3 anos – podemos, portanto, ter um prenúncio do tipo de moradores que as cidades provavelmente terão 20 ou 30 anos à frente.

Urban95 trabalha com líderes da cidade, planejadores urbanos, arquitetos e engenheiros para apoiar o desenvolvimento saudável de crianças pequenas que crescem nas cidades. A Fundação está trabalhando na pilotagem, avaliação e ampliação de inovações políticas econômicas em espaços públicos verdes, mobilidade para famílias, gerenciamento de cuidados infantis e formação de pais; financiamento de pesquisas para fornecer os dados que as cidades precisam para integrar o desenvolvimento da primeira infância; apoiando a assistência técnica para ajudar as cidades a usar esses dados de forma eficaz; e treinando uma geração de líderes urbanos e planejadores urbanos para se tornarem defensores para as crianças mais novas”.

Urban95 trabalha com líderes das cidades, planejadores urbanos, arquitetos e engenheiros para apoiar o desenvolvimento saudável de crianças pequenas que crescem nas cidades. A Fundação está trabalhando na direção, avaliação e ampliação de inovações políticas economicamente viáveis em espaços públicos verdes, mobilidade para famílias, gerenciamento de cuidados infantis e formação de pais; financiamento de pesquisas para fornecer os dados que as cidades precisam para integrar o desenvolvimento da primeira infância; apoiando a assistência técnica das cidades para ajuda-las a usar esses dados de forma eficaz; e treinando uma geração de líderes e planejadores urbanos para que se tornem defensores das causas e teses das crianças mais novas.